Quando é hora de descartar o óleo de cozinha?

Todos os dias, milhares de litros de óleo de cozinha são utilizados para produzir alimentos. O óleo de cozinha faz parte de diversas receitas, estando presente em inúmeros preparos gerando duas situações:

– Pratos deliciosos e

– Resíduos que precisam ser descartados
No caso de frituras, o óleo é indispensável para dar sabor podendo inclusive ser utilizado mais de uma vez. Mas você sabe quantas vezes ele pode ser utilizado? Quando é hora de descartar o óleo de cozinha? E depois, qual é a maneira correta de descartar o produto? Vamos descobrir agora!
Tipo de alimento 
Sim, isso afeta a vida útil do óleo! Alimentos empanados soltam mais partículas no óleo por conta da farinha, fazendo com que o produto fique “sujo”, velho e descartável rapidamente!
Em bares o óleo pode durar mais tempo por conta do uso de fritadeiras, equipamentos que diminuem a quantidade de sobras que caem na panela, porém em residências em que a fritura é direto na panela, o óleo perde rápido a vida útil.
Para saber qual o momento de fazer a troca do óleo, basta observar esses itens:
  • Se o óleo, depois de quente, liberar um cheiro forte e uma fumaça escura, ele não deve ser utilizado.
  • Se o alimento, depois de frito, estiver com uma cor escura ou murcho
A vida útil do óleo pode chegar em 14 horas, dependendo de como ele está sendo utilizado e da sujeira que está nele. Passando deste ponto, o óleo praticamente vira uma espécie de plástico, que é terrível para a saúde humana!
 
Descartando
Passada a vida útil do óleo, espere esfriar o produto e passe-o para um recipiente com tampa, como uma garrafa pet utilizando um funil, por exemplo. Armazene o recipiente em local seco, sem contato com calor, sempre acrescentando óleo usado conforme o consumo. Quando o recipiente estiver cheio, você pode levar até pontos de coleta de óleo da Ambiental Santos!
Faça a sua parte, pela sua saúde e pelo meio ambiente, siga a gente no Facebook e no Instagram!