Rejeito da reciclagem de óleo vegetal se transforma em energia elétrica

O tratamento e a recuperação de resíduos gera subprodutos e materiais que não podem ser encaminhados para a coleta seletiva ou para compostagem, os chamados rejeitos. Isso acontece também na reciclagem de óleo, que após o processo gera rejeitos, que um dia já foram restos de comida, que não servem para nada.

Ou será que servem? 

Pensando em solucionar esta questão a Ambiental Santos tomou uma atitude para ajudar na redução dos impactos ambientais causados por estes rejeitos: transformar esta borra oleosa em biogás para, na sequência, gerar energia elétrica. 

Após a reciclagem do óleo vegetal coletado e reciclado pela Ambiental Santos, os rejeitos, que não tem valor econômico, podem ser aproveitados na geração de biogás em uma empresa especializada na geração de energia elétrica através da biodigestão de resíduos orgânicos. E o melhor, o resíduo desse processo é transformado em biofertilizante!

Um processo seguro, economicamente viável e ambientalmente correto, onde os resíduos são explorados ao máximo para extração de todo e qualquer benefício. 

O caminho é o seguinte:

 – A Ambiental Santos coleta o óleo vegetal usado de diversas origens (escolas, restaurantes, condomínios, hospitais, empresas e por aí vai)

– Após fazer todo o processo para reciclagem do óleo, o material que sobra (a borra oleosa, ou rejeito) é encaminhado para a geração de biogás;

– A queima do biogás em caldeira gera energia elétrica de maneira segura e ambientalmente correta.

Você sabia?
Em média, de cada 100 toneladas de resíduos de óleo de fritura tratados na Ambiental Santos apenas 4,5 toneladas são rejeitos que serão destinadas para tratamento externo (geração de biogás).

De todo o volume de óleos e gorduras  reciclados na Ambiental Santos, incríveis 99,6% são recuperados e voltam a ser matéria-prima para a indústria química e de biocombustíveis!