Óleo vegetal e entulhos jogados irregularmente? É crime!

Descarte irregular sempre foi um problema para as cidades. Recentemente, a Polícia Civil de São Paulo investigou 540 empresas que fazem o transporte e descarte de resíduos na capital paulista – e pasmem, muitas delas nem existem oficialmente. Nas diligências realizadas, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão. Elas descartam 12 mil toneladas de entulhos de construção.

As empresas são pagas para transportar entulho respeitando as regras de preservação do meio ambiente, porém para não pagar esta taxa (para trabalhar corretamente, respeitando as regras), existem situações em que a clandestinidade vira uma opção.

Mas não é apenas com restos de construção que acontece o descarte irregular!

Além dos entulhos, o óleo vegetal também é descartado em terrenos clandestinamente – e este problema é bem mais grave!

O óleo utilizado é um produto capaz de contaminar centenas de litros de água pura e causar danos irreparáveis ao meio ambiente com apenas um litro. Ou seja, é um crime ambiental grave!

O óleo jogado em espaços urbanos escapa e entra em contato com a rede de esgoto, causando estragos nas tubulações ao se acumular nas paredes dos tubos e reter outros resíduos.

O que temos? Entupimento total – e essa água suja que pode carregar até mesmo os entulhos da construção jogados pelas ruas de maneira irregular.

Não faça parte desta estatística.
– Para descartar entulhos, contrate empresas sérias!
– Para descartar óleo usado, contrate a Ambiental Santos.

Seja um cidadão atento e consciente. Denuncie qualquer irregularidade e vamos viver sem sujeira nas cidades!

A Ambiental Santos faz o descarte do óleo vegetal usado com responsabilidade – e o custo é quase zero se analisarmos as multas e o dano ambiental.